Número total de visualizações de página

terça-feira, 19 de abril de 2011

Em Silêncio!


Em Silêncio!

Em silêncio Orei…
No templo do teu corpo;
Orei…


Em silêncio,
Abracei a tua nudez
E vi-te pura,
Despida de ti
Na tua candura…

Em silêncio,
Perdido de mim
Perdido do mundo,
Mergulhei fundo…
Orei…

Em silêncio,
Respeitei a tua timidez,
A tua altivez,
A tua ternura,
O teu Silêncio…

Em silêncio,
Mil Nenúfares floriram
No meu corpo,
Nas cinzas de um vulcão
Adormecido...

Num Silêncio,
Que ainda nunca antes,
Eu houvera consentido…

José Dimas
2011-04-18

Sem comentários:

Enviar um comentário