Número total de visualizações de página

domingo, 13 de março de 2011

A ti…Alentejo!



A ti…Alentejo!

Antes, via-te como uma Estrela,
Dessas Estrelas especiais, que brilham até depois do alvorecer.
Agora vejo-te como um cristal; delicado...
Com o reflexo das mil cores do Amor,
Digo – dos milhões de carinhos das cores do Amor.
E tantos reflexos…

José Dimas
2011

Sem comentários:

Enviar um comentário