Número total de visualizações de página

sábado, 5 de março de 2011

Alvorecer

Alvorecer

Sei que não é só tristeza, antes fosse;
Este sentimento que me fere, sem ferir;
E as feridas já saradas e a abrir,
Antevêem na minh’alma uma dor doce.

É o medo dessa dor que me entorpece,
Que me deixa alegre e triste, sem saber,
Se me quede na masmorra do viver,
Ou se viva nesta vida que amanhece.

Pois a mesma ambiguidade do pensar,
Que me diz que por amar, eu vou sofrer,
Me dá forças pra viver e pra lutar,

E quando sinto minha Alma entristecer,
Que de tão triste, até me faz agonizar;
Vislumbro nela, a doce luz do alvorecer.

José Dimas
2011

Sem comentários:

Enviar um comentário