Número total de visualizações de página

domingo, 28 de novembro de 2010

Olhei-te no brilho dos teus olhos, que não sorriam.

Olhei-te no brilho dos teus olhos,
que não sorriam.

Estavas a chorar.

E o teu choro ecoou
nos meus choros calados.

Só queria poder estar ai,
para beber essas lágrimas
com beijos,
e dar-te o meu colo para tu te aninhares,

enquanto te canto ao ouvido
versos lindos de Amor,
como canção de embalar.

Sinto-te muito dentro da minha alma.

Escalaste por uma lágrima minha,
e entraste em mim pelo meu olhar,

agora estás cá dentro,
fazes parte da minha essência,
choramos o mesmo choro,
e somos um...
em Amor,
Somos uno…
em Plenitude…


Brafma 2010

2 comentários:

  1. "agora estás cá dentro,
    fazes parte da minha essência,
    choramos o mesmo choro,
    e somos um...
    em Amor,
    Somos uno…
    em Plenitude…"
    TA...lindo demais,Poeta!
    Beijos Nya

    ResponderEliminar